Como fazer a gestão financeira de pequenas e médias empresas?

Finanças
5 minutos de leitura 20.07.2020
Como fazer a gestão financeira de pequenas e médias empresas?
Facebook Twitter Whatsapp

Saiba como começar a organizar a gestão financeira de pequenas e médias empresas com as dicas que separamos para você.

Muitos empreendedores acreditam que pequenas e médias empresas não precisam de gestão financeira. Essa crença faz com que eles cometam erros que podem ser cruciais nos primeiros anos de um negócio.

 

Neste artigo, vamos esclarecer o que é uma gestão financeira estratégica e como pequenas e médias empresas podem incorporá-las às suas respectivas estruturas.

 

 

O que é gestão financeira?

A gestão financeira empresarial é formada pelo conjunto de ações que envolvem controle, administração, planejamento e acompanhamento das finanças de um determinado negócio.

 

Ela visa maximizar o seu lucro. E faz isso ao fornecer informações valiosas sobre as finanças da sua empresa. Como, por exemplo, sua margem de lucro, quais são seus custos fixos, áreas que precisam de investimento e onde você pode economizar.

 

Uma gestão financeira estratégica também ajuda a tomar decisões táticas em momentos de crise.

 

 

O que é necessário para uma boa gestão financeira?

Uma boa gestão financeira empresarial é composta por alguns fatores. São eles:

 

Controle de caixa

O controle de caixa, ou fluxo de caixa, é a atividade responsável por acompanhar a circulação de dinheiro da sua empresa. Ele monitora, através de registros diários, as entradas e saídas.

 

Através dele fica fácil ver se você está seguindo o seu planejamento financeiro ou se precisa recalcular a rota para atingir o seu objetivo.

 

Planejamento financeiro

Através do planejamento financeiro é possível projetar gastos e receitas para o seu negócio. Ele garante que você vai utilizar os seus recursos da melhor forma possível. Um bom planejamento financeiro inclui:

 

  • Análise da situação atual;
  • Histórico de faturamento da empresa;
  • Objetivo;
  • Planos com metas para custos, vendas e investimentos;
  • Acompanhamento constante.

 

Análise de Investimentos

Uma análise de investimentos deve incluir projeções e decisões de aplicação de recursos com prazos maiores que um ano.

 

Ela deve ser feita em paralelo ao planejamento financeiro, uma vez que vai levar em conta informações obtidas através dele como:

  • Produtos ou serviços mais vendidos;
  • Metas de faturamento;
  • Custos de expansão e contratação.

 

Estes dados vão ajudar você a entender quais setores do seu negócio precisam de mais investimento para gerar crescimento e lucro.

 

 

Quais são os primeiros passos para administrar a situação financeira de uma empresa?

Muitas vezes, quando nos encontramos no meio da bagunça, é difícil encontrar a saída. Mas não se preocupe, estamos aqui para te ajudar!

 

Tenha disciplina

Se você quer estruturar as finanças da sua empresa precisa ter disciplina. Separe alguns minutos todos os dias para organizar os números e acompanhar os objetivos do seu planejamento financeiro.

 

Estes são alguns indicadores que não podem escapar a sua ronda diária:

 

  • Faturamento;
  • Custo fixo;
  • Custo total;
  • Lucro nominal;
  • Margem de lucro;
  • Nível de endividamento.

 

Separe suas contas

Se você ainda não separou as suas contas pessoais das contas da empresa, faça isso agora. Um dos grandes problemas de empresas familiares é quando a pessoa física se confunde com a pessoa jurídica.

 

Conheça seus prazos

Não deixe os juros trabalharem contra você. Saiba todos os prazos de recebimento e pagamento do seu negócio. De preferência categorizando-os por curto, médio e longo prazo. Assim fica muito mais fácil fazer uma projeção de caixa.

 

 

Como fazer o controle financeiro de uma empresa?

Fazer o controle financeiro de uma empresa fica mais fácil quando você conta com as ferramentas adequadas.

 

Hoje vamos falar sobre um aliado que facilita o acompanhamento financeiro e ainda te ajuda a poupar tempo: o sistema de gestão financeira do Contas Online.

 

O Contas Online possui planos que vão desde o Grátis até o Empresarial II, com pequenas variações de recursos e números de lançamentos. Tudo para garantir que você vai contratar o plano que você precisa, por um preço que cabe no seu bolso.

 

Além disso, o sistema do Contas Online oferece vantagens como:

 

  • Mobilidade

O Contas Online oferece uma versão móvel para você consultar os seus dados usando celular ou smartphone. E sabe o melhor? Você não precisa instalar nenhum programa nem ocupar a memória dos seus aparelhos para isso.

 

  • Boletos Bancários

Emita seus próprios boletos bancários e receba de seus clientes através da nossa integração com a sua conta.

 

  • Importação fácil de dados

Sabemos que, antes de aderir aos sistemas, muitos realizavam seus controles através de planilhas do Excel. Com o Contas Online você não precisa ter medo de perder estas informações.

 

Nosso sistema permite a importação fácil de dados em planilhas Excel e até mesmo arquivos de texto.

 

  • Integração com sistemas contábeis

Exporte os dados do Contas Online e importe no seu sistema contábil sem dor de cabeça.

 

  • Criação de usuários com diferentes níveis de permissão

Nossa maior preocupação é com a segurança das suas informações. Por isso, oferecemos para você um controle rígido com direitos individuais para cada usuário.

 

 

Feedback Gostou ou foi útil pra você este conteúdo? Sim Não
Usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.