Índices de endividamento: conheça os principais e como utilizar esse indicador

Finanças
5 minutos de leitura 23.10.2020
Índices de endividamento: conheça os principais e como utilizar esse indicador
Facebook Twitter Whatsapp

Você conhece os Índices de Endividamento? Neste artigo, vamos te apresentar os principais indicadores e como calculá-los. Acompanhe!

Um dos assuntos mais temidos pelos empresários é o risco de endividamento. Por isso, no mundo dos negócios, os índices de endividamento são bastante conhecidos. Afinal, é importante entender a situação financeira da sua empresa em detalhes. Neste artigo, vamos te apresentar os principais índices de endividamento e como calculá-los. Acompanhe!

 

 

O que são índices de endividamento?

Pensar em um planejamento financeiro estratégico é um passo básico na trajetória de sucesso de qualquer empresa.
 

Dessa forma, apostar em métricas para ter controle sobre a saúde financeira do seu negócio é uma boa alternativa.
 

Os índices de endividamento estão incluídos nesses indicadores financeiros que auxiliam a análise dos seus financiamentos. A partir deles é possível:

 

  • Computar o grau de endividamento de uma empresa; 
  • Calcular o quanto da geração de dívidas o negócio depende para se manter;
  • Mensurar se uma empresa está utilizando mais recursos de terceiros ou proprietários.
     

Aliás, são vários índices de endividamento que podem ser utilizados para essa avaliação. Confira agora mesmo os principais!

 

 

Principais índices de endividamento


 

1. Índice de Endividamento Geral

Você sabe se a sua empresa está comprometida com os ativos?
 

O Índice de Endividamento Geral (EG) é capaz de medir a dimensão da dívida total de uma instituição em comparação ao seu ativo.
 

Na verdade, o cálculo é bem simples: basta dividir o valor total das dívidas – de curto e longo prazo – pelo total do ativo. Veja a fórmula!
 

EG = (Capital de terceiros / Ativos totais) x 100
 

Vale lembrar que quanto menor for o índice de endividamento do seu negócio, melhor será para a sua marca.
 

Em outras palavras, com o Índice de Endividamento Geral, você pode realizar um balanço sobre o valor que já está pendurado para financiar o capital de terceiros.

 

2. Endividamento Financeiro

A relação entre o que a empresa está devendo a terceiros e o que foi investido pelos acionistas é obtida pelo cálculo do Endividamento Financeiro (EF):
 

EF = Dívida Bruta (de curto e longo prazo) / Patrimônio Líquido
 

Como resultado, quanto mais elevado é esse índice, pior está a condição financeira da empresa.
 

Nesse sentido, um indicador elevado pode acabar atrapalhando o levantamento de financiamentos futuros.

 

3. Composição do Endividamento

Quando a intenção é identificar a composição do endividamento do negócio, o índice sugerido para o cálculo é o Indicador de Composição de Endividamento (CE).
 

Ou seja, é possível saber qual a quantia da sua dívida total precisa ser quitada, tanto em curto quanto em longo prazo, a partir da seguinte fórmula:
 

CE = Passivo Circulante / (Passivo Circulante + Passivo Não Circulante)
 

Em seguida, para encontrar o valor percentual, o resultado deve ser multiplicado por 100.
 

No caso do Indicador de Composição de Endividamento, quanto menor for o valor percentual, melhor é para a empresa, já que significa que o tempo para quitar as dívidas é maior – ou seja, a maioria delas está no longo prazo.

 

 

O que fazer para evitar o endividamento?

De fato, o acúmulo de dívidas pode impossibilitar o crescimento de uma empresa.
 

Por isso, adotar uma gestão empresarial com planos e controles estruturados é fundamental.

 

Assim, vale a pena considerar um tripé chave para evitar o endividamento:
 

  • Planejamento estratégico
  • Planejamento financeiro
  • Planejamento orçamentário
     

Com um monitoramento efetivo, é possível não só identificar os custos e despesas do seu negócio, mas também auxiliar na tomada das decisões mais estratégicas para alavancar a sua marca.

 

 

Como o Contas Online pode te ajudar a gerir as finanças da sua empresa?

Agora que você já conheceu os principais índices de endividamento e sabe como utilizá-los, vamos te mostrar como ferramentas de gestão financeira também podem te ajudar no controle das finanças do seu negócio.
 

No Contas Online, você centraliza de forma segura todas as informações de suas contas bancárias, configura lançamentos automáticos no sistema, gera relatórios completos em poucos segundos e muito mais.
 

Acompanhar as suas finanças agora ficou bem mais prático, personalizável e moderno!
 

Experimente o nosso plano grátis e aproveite as vantagens que o Contas Online pode oferecer para a sua empresa. Ficaremos felizes em te ajudar a dar o primeiro passo para o sucesso do seu negócio!

 


Feedback Gostou ou foi útil pra você este conteúdo? Sim Não
Usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.
Aguarde