Gestão de tesouraria: qual a sua importância em uma empresa?

Gestão
5 minutos de leitura 26.01.2021
Gestão de tesouraria: qual a sua importância em uma empresa?
Facebook Twitter Whatsapp

Esta gestão é fundamental para qualquer empresa. Confira por que.

Podemos dizer, que o departamento financeiro é composto por cerca de 9 setores. Sendo cada um deles responsável por um aspecto administrativo-financeiro da empresa. Um deles é a gestão de tesouraria.

 

Mas será que você sabe quais são as responsabilidades da tesouraria? Para descobrir, continue lendo este texto!

 

 

O que faz?

 

Na prática as funções desempenhadas por profissionais da tesouraria variam muito de acordo com o porte da empresa. Aqui, vamos falar de como ela atua em pequenas e médias empresas.

 

Geralmente elas envolvem:

 

  • Monitoramento e auditoria das contas;
  • Captação de recursos e análise de investimentos;
  • Fluxo de caixa;
  • Atualização de cadastro de fornecedores e clientes.

 

Vamos conferir mais a fundo as tarefas desempenhadas neste setor? Confira logo abaixo.

 

 

Auditoria de contas a pagar e receber

 

Aqui, temos que levar em consideração a possibilidade de dois cenários diferentes.

 

  1. A empresa possui estrutura para ter um setor de controle de contas a pagar e controle de contas a receber. Deixando para a tesouraria apenas o papel de auditar as informações. Garantindo a precisão dos dados e clareza na informação.
  2.  A própria tesouraria realiza este acompanhamento, designando a tarefa de auditoria para um gerente ou profissional de cargo mais elevado.

 

 

Captação de recursos e análise de investimentos

 

A elaboração de relatórios para análise e tomada de decisões são tarefas da tesouraria. Cabe ao responsável pela gestão de tesouraria apontar quais são as melhores ações para a saúde financeira.

 

Imagine que você quer expandir o seu raio de atuação para delivery e que para isso vai precisar investir em contratação e equipamento. Se você não possuir verba suficiente no caixa, cabe a gestão de tesouraria decidir quais são as melhores linhas de crédito (menores juros, melhores condições de pagamento e etc).

 

 

Fluxo de Caixa

 

O fluxo de caixa é a atividade designada para a análise do fluxo de dinheiro do caixa da empresa. Ele inclui em seu relatório o que é recolhido e tudo o que é gasto, sempre obedecendo um período de tempo pré estabelecido.

 

Ou seja, seu monitoramento pode ser diário, semanal ou até mesmo quinzenal.

 

A tesouraria deve incluir em seu fluxo de caixa a gestão do capital movimentado no caixa da empresa e a gestão das contas bancárias.

 

O primeiro ocorre principalmente em empresas um pouco maiores, em que, por exemplo, a movimentação de caixa (físico na loja) é enviado para a tesouraria.

 

Já no segundo caso, você realiza a conciliação bancária e toma nota dos débitos que não possuem título, como:

 

  • Tarifas bancárias (taxa de manutenção da conta, anuidade do cartão de crédito e etc);
  • Juros decorrentes de operações;
  • Débitos gerados em conta corrente.

 

 

Atualização de cadastros de fornecedores e clientes

 

Podemos dizer que esta função complementa a do controle de contas. Não entendeu? Calma, eu vou explicar! Se na sua empresa a tesouraria controla os pagamentos e recebimentos ela precisa ter o cadastro atualizado de fornecedores e clientes.

 

Afinal, se houver atrasos ou a necessidade de negociação de prazos e pagamentos, você precisa entrar em contato com eles.

 

Por isso, a atualização e organização desses cadastros é de responsabilidade da tesouraria.

 

 

Qual é a importância da gestão de tesouraria?

 

A tesouraria é fundamental para a organização das contas da empresa. Seu monitoramento constante age no combate às fraudes e proporciona estabilidade financeira para o caixa do seu negócio.

 

Além disso, é a partir da gestão de tesouraria que é feita a análise financeira do negócio. A partir da qual é possível observar se há verba suficiente para pagar contas, se há lucro e qual é a melhor forma de investi-lo.

 

 

Como a tecnologia pode ajudar a sua empresa na gestão da tesouraria?

 

Muitos empreendedores, escolhem começar o controle financeiro através de planilhas. E isso pode até se mostrar efetivo para negócios familiares.

 

No entanto, conforme a sua empresa cresce, você vai sentir na prática a necessidade de uma ferramenta que automatize lançamentos, separe pagamentos e recebimentos por categorias e ainda ofereça relatórios completos.

 

Os sistemas de gestão financeira são uma verdadeira mão na roda para empreendedores e administradores. E se você quer aprender na prática, eu tenho um convite! Clique no banner abaixo e experimente o nosso plano grátis.

 

Feedback Gostou ou foi útil pra você este conteúdo? Sim Não
Usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.
Aguarde