Como melhorar o seu controle de gastos

Gestão Planejamento
11 minutos de leitura 04.08.2022
Como melhorar o seu controle de gastos
Compartilhar Facebook Twitter Whatsapp

Descubra como melhorar o seu controle de gastos com as dicas úteis que preparamos para você!

Economizar dinheiro e fazer um bom controle de gastos é algo que pode (e deve) fazer parte da sua rotina. Com a prática, é possível melhorar a qualidade de vida pessoal e também a do seu negócio.

 

Neste artigo, você vai entender qual a importância do controle de gastos para empresas e pessoas físicas, além de conferir 6 dicas úteis para você aplicar em sua vida financeira.

 

Se interessou pelo assunto? Então, continue a leitura!

 

 

 

Por que é importante manter o controle de gastos organizado?

O planejamento é essencial em diferentes instâncias da nossa vida. Quando se trata de finanças, sejam pessoais ou empresariais, esse controle é ainda mais importante.

 

Em um estabelecimento, por exemplo, um bom gestor financeiro sabe como gerenciar os ativos do negócio e tem uma noção do que pode, ou não, ser reduzido ou cortado — isso tudo graças à aplicação do controle de gastos.

 

Quando há um eficiente planejamento, os resultados são potencializados e o valor economizado pode ser destinado a diversos outros benefícios.

 

No começo, pode ser que esse controle dê um certo trabalho, mas os efeitos positivos vão te mostrar que vale a pena.

 

 

 

Como controlar os gastos e equilibrar as contas?

Agora que você já entendeu a importância do controle de gastos, é a hora de ver como fazer isso na prática.

 

Acompanhe os tópicos a seguir com as dicas que preparamos para você!

 

 

1. Diminua os gastos com cartão de crédito

O cartão de crédito foi criado para ser um aliado em nosso orçamento e nas compras do dia a dia, não um vilão. A falta de planejamento e controle acabam fazendo com que a ferramenta vire uma grande dor de cabeça.

 

Compras por impulso fazem parte das piores práticas para se manter uma organização financeira, principalmente para quem tem um limite de crédito maior e não tem o hábito de controlar as compras que realiza nesse meio de pagamento.

 

Dessa forma, utilize o cartão de crédito de maneira consciente e compre realmente o que pode pagar, sem a armadilha de parcelamentos infinitos. Que tal começar a anotar todos os valores que você ainda precisa pagar?

 

Leia mais: Como fazer controle de gastos de cartão de crédito de forma fácil

 

 

2. Separe um valor mensal para as compras

Existem gastos que são considerados essenciais em nossa rotina, como alimentação, moradia, transporte e educação.

 

Aqui, você precisa definir as suas prioridades e uma excelente forma de começar a fazer um bom controle de gastos é separar um valor mensal para cada uma dessas compras.

 

 

3. Planeje-se para adquirir o produto

Como já citamos anteriormente, as compras por impulso podem se tornar verdadeiras vilãs para o planejamento financeiro.

 

Uma excelente dica para quem quer conquistar a independência financeira e não ficar sempre com o orçamento apertado é sempre esperar antes de fazer alguma aquisição.

 

Isso porque, no calor do momento, acabamos comprando o que não precisamos de fato ou até mesmo algo que não gostamos tanto assim.

 

Caso você tenha encontrado um item, procure esperar pelo menos um dia para comprá-lo. Dessa forma, você consegue fazer uma pesquisa de preços e refletir se essa compra realmente é necessária para a sua vida pessoal ou profissional.

 

 

4. Planeje seus objetivos

Gerenciar melhor o dinheiro fica mais fácil quando você possui objetivos financeiros bem definidos. Isso vale tanto para a sua vida pessoal, com o sonho da casa própria ou a compra de um carro, por exemplo, como também para a sua própria empresa.

 

Por isso, não deixe de refletir e estabeleça seus objetivos e prioridades — qual é a razão para controlar a entrada e saída do meu dinheiro mensalmente?

 

Pensando assim, abrir mão dos gastos desnecessários e poupar recursos torna-se uma tarefa muito mais fácil.

 

 

5. Acompanhe suas finanças

Assim como em qualquer planejamento estratégico, é essencial que você faça um monitoramento para entender se as suas metas e planos estão em conformidade com aquilo que foi pensado anteriormente.

 

Uma excelente forma de acompanhar as suas finanças é utilizar gerenciadores financeiros como aliados, como o Contas Online!

 

Com a ferramenta, você consegue monitorar como o seu dinheiro está sendo utilizado, além de verificar outras categorias, como relatórios e controle das metas.

 

Ilustração

 

 

6. Invista seu dinheiro

Depois que você colocar em prática as metas acima, vai sobrar algum dinheiro no seu orçamento. A quantidade, claro, vai depender de uma série de fatores, como a forma que o controle foi realizado, o dinheiro poupado e os demais gastos que foram efetuados.

 

Por fim, a nossa dica é investir esse dinheiro que sobrou. Isso porque, ao investir a quantia em uma reserva de emergência ou outro tipo de investimento, você evita cair na tentação de gastar esse valor, além de contar com a rentabilidade do programa escolhido.

 

 

 

Comece agora mesmo a gastar no que realmente é importante para você!

Neste artigo, foi possível compreender que uma excelente forma de controlar os gastos da sua vida pessoal ou da sua empresa é colocar prioridades no que realmente é importante para você, a curto, médio e longo prazo.

 

Conte com o Contas Online para te ajudar nessa missão e controle suas contas com facilidade e segurança!

 

Ilustração

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Feedback Gostou ou foi útil pra você este conteúdo? Sim Não
Usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.
Aguarde