Dicas de gestão financeira para freelancers

Finanças
12 minutos de leitura 13.04.2022
Dicas de gestão financeira para freelancers
Compartilhar Facebook Twitter Whatsapp

Confira 7 dicas práticas para te auxiliar na gestão financeira do seu trabalho freelancer.

Com a pandemia, o trabalho freelancer passou a ser ainda mais procurado por profissionais das mais diversas áreas e, inclusive, com oportunidades disponíveis no mundo todo.

 

Provavelmente, uma das principais ideias relacionadas com o freelancer é a flexibilidade e liberdade para trabalhar onde e quando quiser.

 

Apesar de serem características relativamente atrativas, a gestão financeira pode não ser um fator fixo para um trabalho freelancer, o que pode acabar se tornando um empecilho para muitos profissionais, principalmente aqueles já acostumados com o regime CLT.

 

Pensando nisso, elaboramos este artigo com 7 dicas práticas para você trabalhar como freelancer e aprender como organizar suas finanças. Continue a leitura!

 

 

Por que a gestão financeira é tão importante para um freelancer?

 

Como citamos brevemente neste artigo, o trabalho freelancer está relacionado com a flexibilidade, liberdade de tarefas e, principalmente, da rotina.

 

Nesse caso, o salário recebido depende diretamente da quantidade de demandas e, por isso, dizemos que há meses e meses.

 

Para quem está acostumado com o regime CLT, o trabalho pode parecer estranho: com o freelancer, o salário nem sempre é fixo e em um mês, por exemplo, o colaborador pode receber muito e, em outro, pouco.

 

Mas não se assuste! Não é por isso que você deva desistir do trabalho freelancer — é aqui que entra a importância da gestão financeira para o negócio.

 

Entender como as finanças funcionam e organizá-las é fundamental para conseguir atingir o equilíbrio financeiro e não permitir que as instabilidades atrapalhem os seus planos.

 

 

Como organizar suas finanças no trabalho freelancer

 

Para que você não se perca nas contas e faça uma boa gestão do seu negócio, vamos te apresentar uma série de hábitos e comportamentos que vão te auxiliar a organizar suas finanças no trabalho freelancer.

 

Acompanhe os tópicos a seguir!

 

1. Realize o controle financeiro aplicando a divisão 50/35/15

A primeira dica que vamos te apresentar é a famosa divisão 50/35/15.

 

Em resumo, o cálculo está relacionado com a divisão do valor recebido para organizá-los e te ajudar nesse controle.

 

O 50/35/15 informa que os trabalhos devem ser divididos entre três principais categorias: despesas fixas, gastos pessoais e reserva financeira.

 

A partir daí, o profissional precisa organizar a sua receita mensal da seguinte forma:

 

  • 50% para as despesas fixas;
  • 35% para os seus gastos pessoais;
  • 15% para gerar uma reserva financeira.

 

Veja um exemplo: se no mês de janeiro a sua receita foi de R$10.000,00, a divisão 50/35/15 do valor seria:

 

  • R$5 mil para as despesas fixas;
  • R$3.500,00 para os gastos pessoais;
  • R$1.500,00 para gerar uma reserva financeira.

 

2. Invista em conquistar freelas fixos

A entrega de bons trabalhos pode render mais do que o valor combinado inicialmente: você pode conseguir gerar recorrência e manter o seu trabalho freelancer de forma fixa.

 

Essa mudança, afinal, pode te agregar uma maior estabilidade financeira.

 

Por isso, se esforce e busque capacitações para entregar sempre um trabalho com alta qualidade, além de pesquisar a possibilidade de oferecer descontos progressivos — quanto mais demandas, maior o desconto, por exemplo.

 

3. Não confunda despesas pessoais com empresariais

Um dos maiores motivos que atrapalham a sua empresa crescer é misturar finanças de negócios diferentes.

 

Esse erro é muito comum e atrapalha diretamente na análise de dados e atividades econômicas. Só com essa divisão você saberá se algum problema está no seu controle financeiro pessoal ou do seu negócio.

 

4. Procure investir em você mesmo

Não só para um trabalho freelancer, como também em qualquer área de atuação, investir no próprio negócio e conhecimento é sempre uma excelente oportunidade para crescer no mercado.

 

Dessa forma, busque sempre cursos e capacitações que possam te agregar diretamente e trazer mais conhecimentos e conteúdos inovadores para você e seus clientes.

 

 

Ilustração

 

 

5. Não distancie muito do seu preço

Sabemos que cada freelancer tem um preço para o seu trabalho, mas é fundamental manter um padrão pré-estabelecido.

 

É muito importante ficar atento na hora da precificação não só com os seus gastos já calculados, mas também quanto um determinado serviço exige de você.

 

Mantenha sempre alinhados os seus propósitos e um padrão de valores.

 

6. Tenha um fluxo de caixa

Uma dica de ouro para a gestão financeira de um trabalho freelancer é pensar que você é uma empresa.

 

Por isso, a sua relação com o dinheiro deve ser a mesma de um negócio. Pense em formas de expansão, impostos etc.

 

Investir em um bom fluxo de caixa permite que você tenha um controle sobre a sua renda e despesas e, se preciso, tomar decisões assertivas sobre problemas ou planos futuros.

 

Leia mais: Fluxo de caixa diário: o que é e como implementar?

 

7. Conte com uma boa ferramenta para realizar a sua gestão financeira

No trabalho freelancer, as entradas de dinheiro podem ser variáveis e mais difíceis de serem controladas ao longo do mês.

 

Dessa forma, contar com a tecnologia é fundamental — e o Contas Online está aqui para te ajudar!

 

Somos uma empresa de inovação contínua. Isso porque trabalhamos de forma clara e objetiva para garantir o máximo da sua satisfação.

 

Aqui, não importa se você é freelancer, dono de pequenos negócios ou grandes empresas ou

corporativas. Trabalhamos com planos adaptados para a sua realidade, seja ele gratuito ou de assinatura.

 

Conheça nossas funcionalidades e entre em contato com a nossa equipe para saber mais!

 

 

Ilustração

Feedback Gostou ou foi útil pra você este conteúdo? Sim Não
Usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.
Aguarde