O que é Pix? Tire suas dúvidas sobre esse novo meio de pagamento

Finanças
4 minutos de leitura 11.11.2020
O que é Pix? Tire suas dúvidas sobre esse novo meio de pagamento
Facebook Twitter Whatsapp

O novo método de transferência instantânea chegou, mas ainda levanta muitas dúvidas. Confira quais são as vantagens do Pix para pessoa física e jurídica.

O Pix é uma nova forma de pagamento que será disponibilizada pelas instituições financeiras a partir deste mês. Sabemos que muitas pessoas, tanto físicas quanto jurídicas, ainda têm muitas dúvidas sobre ele.

 

Para ajudar você a entender melhor esse novo meio de pagamento, vamos explicar as vantagens que ele oferece e como você vai incorporar essa nova ferramenta a sua rotina. Além disso, vamos compará-lo aos meios de pagamentos já disponíveis atualmente.

 

 

O que é o Pix?

O Pix é o modo de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central (BC) e disponibilizado ao cliente pelas instituições financeiras: bancos, meios de pagamento e fintechs. Através dele, é possível transferir recursos e efetuar pagamentos em poucos segundos; independente do dia ou da hora.

 

É uma forma rápida, prática e segura de fazer as transferências a partir de uma conta corrente, conta poupança ou conta de pagamento pré-paga.

 

Todas as transações via Pix poderão ser feitas em até dez segundos, através de um aplicativo de celular.

 

Banco Central: Vai pagar? Faz um Pix!

 

 

O que preciso fazer para usar o Pix?

Para utilizar o Pix, basta cadastrar um chave Pix que pode ser feita utilizando:

  • CPF/CNPJ;
  • E-mail;
  • Número de telefone;
  • Chave aleatória.

 

A chave aleatória, especificamente, é um modo de você cadastrar uma chave sem precisar ceder seus dados. Para isso, basta buscar os canais de atendimento do banco ou instituição financeira onde você tem conta.

 

É importante também ter em mente que, uma vez que você cadastre uma chave, esta não poderá ser utilizada em outro banco ou instituição financeira.

 

Quem pode fazer o Pix?

Qualquer pessoa física ou jurídica está autorizada a utilizar os recursos do Pix. Para tal, ela precisa apenas possuir uma conta transacional (conta corrente, conta poupança ou conta de pagamento pré-paga) em uma instituição financeira ou instituição de pagamento que tenha se cadastrado no programa do Pix.

 

 

Quais são as vantagens do Pix?

 

  • Agilidade

Transações concluídas em poucos segundos, recursos disponíveis para o recebedor em tempo real.

 

  • Fácil de usar

Ele foi projetado para oferecer uma boa experiência para os usuários de todas as idades.

 

  • Preço baixo

As operações realizadas pelo Pix são gratuitas para pessoas físicas, se mostrando uma alternativa melhor que os tradicionais boleto, DOC e TED. Enquanto que, para pessoas jurídicas, ele oferece taxas mais baratas que as atuais.

 

  • Seguro

O Pix possui mecanismos de segurança robustos que garantem a integridade de todas as transações.

 

  • Disponibilidade

Disponível para o usuário 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive em feriados.

 

 

Qual é a diferença entre o pagamento por boleto e pelo Pix?

Normalmente, os pagamentos e transferências que utilizam boletos usam um código de barras. Enquanto o Pix pode fazer a leitura de um QR code.

 

Porém, a principal diferença entre os dois é que, no Pix a liquidação do valor acontece em tempo real. Já em boletos, é comum que a compensação ocorra em até 2 dias úteis.

 

Além disso, com o Pix, o pagador e o recebedor são notificados a respeito da conclusão da transação.

 

 

Qual é a diferença do Pix para o DOC e o TED?

Até novembro de 2020, o brasileiro tinha apenas duas opções de transferência de dinheiro: o DOC ou o TED.

 

DOC (Documento da Ordem de Crédito)

Quando a transferência é realizada por DOC, o dinheiro cai na conta no dia seguinte. E, caso a transferência seja realizada depois das 22h, pode cair em até dois dias.

 

Além disso, o DOC permite apenas transferências de até R$4.999,99 e não realiza operações fora de dias úteis.

 

Ou seja, transferências feitas em finais de semana ou feriados nacionais são completadas somente no dia útil seguinte, podendo levar dias para ser finalizada.

 

TED (Transferência eletrônica disponível)

Através do TED, o dinheiro enviado para a outra instituição financeira é creditado na conta de destino até as 17 horas do mesmo dia. Depois desse horário, a transferência é agendada para o dia seguinte.

 

Além disso, o TED não permite agendamento de transferências para feriados ou fins de semana e cobra taxas para operações realizadas entre instituições diferentes.

 

O TED não possui exigência de valores mínimos ou máximos para transferência.

 

Ou seja, o Pix é uma operação mais rápida e mais barata que o DOC e o TED.

 

 

Qual é o limite no valor das transferências através do Pix?

Até o momento, não há valor mínimo para as transferências via Pix.Ou seja, você pode fazer transações a partir de R$0,01.  

 

Em geral, também não há limite máximo de valores. Porém, as instituições financeiras e de pagamento que operam o Pix podem estabelecer limites máximos baseados em critérios de segurança e pontuação de crédito de cada cliente.

 

Ficou com mais alguma dúvida? Para auxiliar os consumidores o Banco Central criou uma página com as perguntas mais frequentes em seu site. Para acessá-la, basta clicar aqui.

Feedback Gostou ou foi útil pra você este conteúdo? Sim Não
Usamos cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência, personalizar publicidade e recomendar conteúdos.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.
Aguarde